Lembram que eu mostrei esses dias como deixar os puxadores luxo, glória e poder?

Mas eu mesma não sigo meus conselhos e não embelezei nenhuma gaveta! “óia”

Eu usei uma moldura antiga que tinha aqui, cortei isopor na medida interna da moldura, forrei com tecido e encaixei na moldura (simples assim :D )
Aí fiz furinhos com a furadeira e coloquei gancho L e os puxadores!

Agora não tem mais desculpa pra perder as chaves ou esquecer um compromisso e de quebra ainda tem espaço pra recadinhos felizes!

Curtiu?

Posso contar uma coisinha pra vocês?
Eu não curto muito atum, acho meio sem graça, gosto mesmo é de sardinha!
E por aqui sempre rola um patêzinho de sardinha (sardinha + maionese + o que tiver de gostoso)
Sexta Isadora “preparou” 3 sabores (pimentão, cenoura ralada, shoyo+katchup)

As latinhas iam pro lixo/reciclagem até que uma lampadinha fez “plim” na minha cabecinha!

Fazer um Porta jóia pra colocar na minha mesa amarela nova!
Primeiro pensei em pintá-las com tinta spray, mas depois resolvi assumir minha fase tecido total e forrá-las com retalhinhos de tecido que usei nas outras coisas do quarto.

Vamos ver como fiz?

Além do tecido e das latinhas precisei de
- Tesoura
- Cola branca extra
- Fita dupla face
- E.V.A.
- Papel
-Pincel

- Lavei bem as latinhas (eu sempre compro a Gomes da Costa. Elas encaixam uma na outra :D não sei como acontece com as outras)
-  Depois de seca eu borrifei líquido removedor de odor pra tirar o cheiro forte do atum que impregna em tudo e sequei.

- Cortei tiras de tecido num tamanho que desse pra envolver a latinha e que ficasse uma sobra de +/- 1 dedo para baixo;
- Passei a cola na lata e coloquei o tecido;
- Depois fiz um picote nas areas arredondadas da lata para facilitar a virada do tecido;
- Passei cola no fundo e virei o tecido para fazer o acabamento;
- Passei uma camada de cola pra impermeabilizar e esperei secar (pode aplicar depois uma camadinha de verniz spray – eu não fiz).
- No pedaço de E.V.A. coloquei fita dupla face, marquei o tamanho da lata, recortei e colei na lata que ia ficar embaixo. O E.V.A., além de fazer o acabamento, protege de arranhões a superfície onte ficarão as latinhas. Como eu ia montá-las um por cima da outra, coloquei só em uma e nas outras duas recortei e colei papel mesmo.

TCHÃRAAAAAAAM

Fui logo encher de coisinhas e olha que os colarzinhos da Nanda Teixeira combinaram direitinho com minhas latinhas porta-jóias.

E se você ainda não conhece o trabalho da Nanda, tá perdendo! Porque é tudo lindo e ela faz de coração!
Se tu gostou curte aí embaixo e depois vai lá fazer um visita para Nanda!

Beijocas e boa semana!!!!

P.S.
*Viu como dá pra fazer coisas bacanas com custo quase zero e ainda ajudar o meio ambiente?
Eu bato de novo na tecla:
Deixei de gerar um resíduo duas vezes. Uma quando não joguei as latinhas no lixo e outra quando deixei de comprar um outro objeto pra guardar minhas cosinhas de dedo e pescoço. já falei sobre isso com os potinhos de vidro aqui.
** A Evinha aqui AMA, é LOUCA, APAIXONADA por caixa, caixinhas, latas baús!

Já mudei do quarto pra cozinha… O blog anda meio temático né?

E daí que na cozinha eu enfrento um problema: MARIDO!
Porque homem não consegue tirar uma coisa do lugar e recolocar lá de volta? Porque?
Tá, tudo bem! Nem vou reclamar muito do meu porque ele não é muito bagunceiro não (cof cof)
Mas ama um café e tooooodas, absolutamente todas as vezes que vai fazer seu cafezinho diário deixa o potinho do bendito e o potinho da açúcar em cima da mesa.
Daí que resolvi que ia facilitar a vida dele (e a minha)
Fiz uma bandejica, fofa pra ficar do ladinho do microondas (onde ele esquenta a água pra preparar um cafezinho rápido com solúvel)

Mas sabe que tô pensandop seriamente se ela vai ficar lá mesmo… Por que diz se não é uma luxo servir assim:

Gostou? Quer aprender a fazer com um passo a passo lindo! Aqui ó!

Beijoca da @evinhac!

Pra tranformar um abajur sem graça, num abajur mais charmosinho você precisa de uns minutinhos e:

Tecido bonitinho
Cúpula
Tinta Spray
E a base do abajur (não tirei foto…não briga tá?)

E aí não tem segredo:
Tinta spray (se precisar) na base.
Tecido forrando a cúpula, que você forra como for mais fácil pra você, costurando na medina certinha e vestindo a cúpula, colando com cola quente, com fita dupla face, usa a imaginação!

O meu tecidinho eu escolhi assim:
Fui comprar uma colcha pra minha cama: e vi um tecidinho lindo com uma estampa bem suave, era uma mini toalha de mesa (quase um guardanapo). O preço tava bonzinho e eu coprei dois não sabia muito bem pra que, só sabia que tinha achado lindo e que com certeza teria serventia.

Aí eu tava atrás do tecido perfeito pra uma luminária nova quando me dei conta que no contraluz a estampa saltava. BINGO!

Aqui tem mais trocentas ideias legais!

beijo e clica aí no botãozinho de curtir vai :D

Aqui, antes de responder esta pergunta, eu sempre penso na pontencialidade do suposto lixo. Antes (quando eu tinha mais espaço) eu guardava tuuuuuuuuuudo! Hoje eu só guardo se tiver certeza que usarei, afinal espaço aqui tá sempre em falta!

E aqui no ateliê usamos muito fita para empacotamento e sempre que uma acaba eu pego o rolinho de papelão e guardo porque sabia que um dia inventaria algo com ele! E o dia chegou!

Bem fácil de fazer
Corte tiras de tecido e cole com cola branca ou cola quente, enrolando o tecido no rolo!
Depois é só amarrar um no outro com fita de cetim e pendurar onde quiser :D

Facinho né? e barato! Nem sei quanto eu gastei porque tinha tudo em casa.

Essa cortininha serviu para “separar” os ambientes. É como se fosse o limite entre um e outro!

Beijoquitas pra vocês! E ó: muito feliz e emocionada com cada comentário que chega!

Eu tinha essa gaiolinha aí de cima. Pretinha, linda, que amava de paixão e que a @margartess reclama que eu nem lembrei de comprar uma pra ela também.

Daí que eu digo e repito, na vida nada se perder tudo se transforma. Nada se cria tudo se copia…

E eu li esses dia no twitter a @margaretss dizendo: Pintei de rosa uma gaiola de verdade… (ou algo do tipo)

Nem fui atrás de saber se tinha ficado legal, corri e fui copiar ela!!!!

Agora eu e a @margartess temos gaiolinhas cor de rosa e ela não vai mais reclamar porque eu não comprei uma igual pra ela!!!

Olha a da minha mãe linda aí:

Vai lá ver onde ela colocou a dela!!!

Bom final de semana procês!

… com tecido

ANTES

DEPOIS

Fotografia: Eva Caroline

Essa cadeira já é bem charmosa e moderna. Eu adoro! Comprei com um precinho bom numa promoção, mas acho que ia ficar muito séria no quarto de Isadora e aí fui fazer o que sempre quis desde que as comprei! Forrar com tecido!

Olha aí o que eu precisei ó:


- Cola branca (forte)
- Estilete
- Tesoura
- Pincel largo e/ou rolinho de espuma
- Tecido

Removi os pés da cadeira. Com um pincel largo fui passando cola e fixando o tecido. Depois dilui um pouco (bem pouco) de cola com água e com um rolinho passei por cima do tecido para fixar melhor. Depois de seco com tesooura e estilete cortei o excesso de tecido. Pra finalizar uma mãozinha de verniz spray.

Eu tenho mais 3 dela por aqui e tô pensando em fazer o mesmo!
A @priscila_oliver também resolveu repaginar um cadeira!
Gente ficou o luxo a glória e o poder (parafraseando Lu Brasil)

Fotografia: Priscila Oliver

Vai lá dizer pra ela que ficou lindo e ainda ver o passo a passo… vai!

… com moldura + cortiça + miniaturas!!!

Tá, não precisa ser uma moldura velha, eu desmontei um quadro que tava enconstado pra usar a moldura!

Muito, muito fácil de fazer.

Ferramentas:



- Fita de silicone dupla face ou preguinhos e martelo
- Nível
- Régua
- Estilete
- Tinta Spray
- Cortiça

É só medir e cortar a cortiça no tamanho interno da moldura. Pregar na parede com a fita dupla face ou preguinhos (antes de pregar usar o nível para não ficar torto)

Depois é só pendurar a moldura depois de pintada e seca e encher de miniaturas fofas!

Tá! Tudo bem que esses bichinhos não ficaram aí por muito tempo, né Dona Isadora?

E então? tão gostando das soluções pro quarto?!

Logo teremos mais!

beijocas

… tem a cor que você pinta!

Isadora como toda criança ama quadros brancos, quadros negros e giz!
E eu sempre quis pintar algo pra usar como quadro negro.
Então resolvi fazer nessa paredinha um quadro negro não tão negro assim!

Pra fazer um quadro negro (de qualquer cor) não é preciso comprar tinta específica. É só usar tinta de parede dessas porosas e foscas (pva e latex) e tingir ou com pó xadrez ou com corante líquido!

E pra contrastar com a parede rosa/lilás/roxo (sei lá que cor é essas) pintei de verde limão um cabideiro de madeira que comprei beeem baratinho!

lá vai o material:


- Tinta látex branca
- Pó xadrez e/ou corante líquido
- Pincel e rolo de espuma (dependendo da área que você irá pintar)
- Fita crepe
- Tinta Spray
- Cabideiro de madeira

Coloca o corante aos poucos na tinta e mistura até obter a cor desejada, protege os limites de onde você vai pintar com fita crepe e manda ver! AQUI tem dicas de como pintar paredes.
O cabideiro é mais fácil ainda umas 3 mãos de tinta spray e pronto!

Pra fazer essa parede acho que não gastei nem R$ 20,00
A tinta eu tinha em casa.
O cabideiro custo R$ 4,50 (Ferreira Costa)
Tinta Spray em torno de R$ 15,00 (e eu usei em várias outras coisas)
O pó xadrez e o corante eu também já tinha, são bem baratinhos e reeeeendem que é uma beleza.

Isadora amou!! E vocês?

Hoje nossa queridinha Ana Medeiros colocou via twitter um link para uma reportagem sobre ser mãe e profissional. Achei o máximo, pois acredito piamente nesse formato que não secciona, não coloca a mãe numa gavetinha e a profissional em outra.
Desde sempre quis trabalhar e desde sempre quis ter uma família e cuidar dela. Mas cuidar de verdade, não chegar em casa e só curtir a parte “boa” depois que alguém paga pra isso fez seu papel de mãe presente.
Mas me diz como ser uma mãe presente e se dedicar à vida profissional se um não pode adentrar no espaço do outro?
Sinceramente, pra mim não funcionaria jamais, já tive escritório em casa, já tive escritório fora de casa e tenho a casa no escritório (temporariamente, mas é assim, a casa ocupa parte do meu ambiente de trabalho) e nunca em qualquer dessas situações as coisas ficaram totalmente segmentadas. E sempre lidei muito bem com isso e todos os meu clientes entendem que isso não interfere na eficiência e qualidade do meu trabalho, aliás, interfere, isso é essencial para que eu consiga dar conta do serviço!
Mas esse blá blá blá todo é pra falar de uma coisa tão simples, mas que ilustra a maneira como meu processo criativo funciona, é exatamente esse fluxo misto e contínuo que nunca delimita o que é trabalho, o que é lazer… o que é famíliar e o que é profissional!
Estava eu de madrugada, tentando criar uma estampa para uma caneca de vidro. Tinha que ter traços simples, poucos detalhes, queria que tivesse uma cor. Tudo isso porque como a caneca é translucida o excesso não cairia bem. Então olhei pra isso aqui:

O post completo aqui.
E aí olha no que resultou:

Eu amei!

Agora vamos ter uma conversinha particular:
Eu sei que o bloguinho anda meio assim, de cantinho, que o foco parece estar mais no trabalho e menos nos assuntos de decoração.
Mas quem acompanha meus passinhos sabe que minha casa agora é atelier e escritorio e já já estúdio fotográfico e já não tenho tantos espaços pra modificar e fazer minhas coisinhas. Além disso as mudanças dos últimos meses me deixou um tanto sem tempo.
E eu nem precisava dizer isso, mas tudo que publico aqui (ou a grande maioria) são coisas que eu faço, coisas da minha casa e isso demanda tempo pra fazer as coisas, tempo pra fazer a foto (que não pode ser qualquer hora), depois editar, escrever. Não é simplesmente achar imagens legais e falr sobre elas e as ideias bacanas que temos com elas, é produzir tudo do início ao fim (por favor nada contra, tô falando só no que diz respeito a maneira que escolhi para fazer esse blog). Adoro tudo isso, mas eu sou apenas uma e não tô conseguindo ir no ritmo que estava. Então vamos combinar? Não fiquem “brabos (as)” comigo se tiver muito trabalho pintando por aqui tá? É nisso que eu estou imersa!
Então era isso!
E já que estamos tendo esta conversa séria e de gente grande, deixa eu contar pra vocês:
O blog em breve estará em um domínio próprio (já ta comprado) e mudaremos para plataforma WorPress, só estamos (eu e a minha webmaster do coração, amada, querida e idolatrada) estudando a melhor forma de migrar tudo isso. Aí eu poderei responder todos os recadinhos e deixar de comenter mais um pecado (o de deixar vocês sem resposta)!

Agora vamos “tuitar” (eu tuito / tu tuitas / ele tuita / nós tuitamos…) um pouquinho? A gente se encontra lá!
Beijos

© 2014 asperipeciasdeeva.com.br Suffusion theme by Sayontan Sinha