Adereçar minha casa não é um ato com resultado puramente estético. Decorar é um ato de ocupação, de demarcação de território. Não para os outros, mas para mim. É criar um sentimento de pertencimento. É quase um brandar: “aqui eu habito, este é o meu lugar”
Colocar tinta na parede é pincelar a vida com alegria. Pendurar quadros é perpetuar histórias. Escolher uma roupa de cama é adicionar à casa, afeto.
Penduricalhos, almofadas, móveis não são simplesmente adereços, são ícones, são referenciais. Cores, objetos, móveis dão forma física à nossa energia, sentimentos, lembranças…
E assim a casa vai sendo permeada de sentidos, vai ganhando alma até torna-se um lar. Decoração não é pompa e exibicionismo, é identidade, é o que me permite andar pela casa e me enxergar fora de mim.
Mas um lar não é só decoração, há um tanto de nós na bagunça do dia a dia, na roupa dançando no varal, no leite derramado no fogão.
Lar é um organismo fluido alimentado pelo nosso viver!

E vocês? como enxergam a casa?

Deixa a música rolar, sem ela o post perde metade do sentido:

Segurei na sua mão e desde então estamos atravessando o mundo juntos!
E por este mundo, agora posso caminhar sabendo que sou de alguém que só quer ser meu e essa é das sensações mais gostosas de se ter.

Você me mostra, me ensina e me guia por caminhos que eu nunca imaginei ser capaz de trilhar.
Me faz chorar, me faz rir, me faz sentir vontade de continuar e seguir em frente sem nunca, nunca parar ou fraquejar.
Me ajuda a dominar meus medos e me protege (mesmo que seja brigando e ficando bravo).


Com você ganhei o melhor sentido e sentimento que alguém pode ter na vida: o ser mãe!

Entre nós não é preciso uma data para festejar a vida e nossos sentimentos. Essa comemoração é diária. É nas pequenas coisas, com olhar, com sorriso, com café quentinho ou melão cortadinho…

Hoje, amanhã e todos os dias, espero poder alimentar a felicidade que é viver a família que formamos. Com amor, cumplicidade, carinho, afeto e cuidado.
Você é peça importante do conjunto que formamos.

Agora, juntos, guiamos e cuidamos das aventuras de uma pequena sonhadora… E muitas vezes somos pegos de surpresa quando é ela que nos guia e nos traz de volta para o caminho…

Somos felizes por ter você tão pertinho assim, pra dar beijo e abraço sanduíche!



Com todo nosso amor que existe, não dentro, mas em volta de nós
{Dorica e Anjinha}

© 2014 asperipeciasdeeva.com.br Suffusion theme by Sayontan Sinha